Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Empregos

Site com o objectivo de partilhar novidades e noticias sobre o emprego.

Site com o objectivo de partilhar novidades e noticias sobre o emprego.

Empregos

27
Dez11

Os 10 países que estão a receber os desempregados de Portugal, Espanha, Grécia, Itália e Irlanda.

adm

Com uma taxa de desemprego que não param de subir em países como Grécia, Portugal, Itália, Espanha ou Irlanda, os desempregados destes países, na sua maioria qualificados, estão a procurar outros locais no Planeta onde possam viver e trabalhar.

The Guardian  e o Business Insider  fizeram uma recolha informal dos 10 países que estão a receber estes trabalhadores do sul da Europa. Alguns destes países são nomes conhecidos, outros nem por isso. Veja aqui a lista.

1. Albânia. Este país, considerado o primeiro lugar a visitar, em 2011, pelo Lonely Planet, tem recebido emigrantes italianos e gregos, devido sobretudo à sua proximidade a estas duas nações. Supreendido?

2. Angola. Um clássico dos últimos dois anos. O Guardian diz que há muito ibéricos – e sobretudo portugueses – a procurarem a sua sorte por terras angolanas. Mas isso já nós sabíamos.

3. Austrália. Outro clássico da emigração europeia. Com uma economia forte, um Governo estável e um nível de vida muito confortável, a Austrália é um destino convidativo para os PIIGS, sobretudo para os irlandeses ou gregos.

4. Bélgica. Ainda que não tenha uma economia muito estável, este é um destino muito procurado pelos gregos para escapar à implosão económica e social do seu país.

5.Brasil. Palavras para quê? A relação muito próxima entre Portugal e o Brasil está a levar milhares de portugueses a procurar refúgio económico no outro lado do Atlântico.

6. Canadá. Com uma política de imigração muito aberta e oportunidades de emprego, o Canadá oferece uma segurança interessante para os desempregados europeus.

7. Chipre. A exemplo da Albânia, este é o destino menos esperado para os europeus do Sul. Mas a sua proximidade da Grécia e Itália, uma vez mais, fala mais alto.

8. Alemanha. Outro clássico da emigração europeia.

9. Israel. Tem uma economia estável e, sobretudo, uma nova veia empreendedora receptiva a emigrantes. Uma excelente escolha, segundo o Guardian.

10. Turquia. A exemplo de Israel, a sua proximidade ao Sul da Europa e crescimento económico torna a Turquia numa opção muito atraente.

fonte:http://www.greensavers.pt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D