10 coisas que deve saber antes de emigrar para a Colômbia

A América Latina não acaba no Brasil, e os países de língua hispânica também entram no clube das economias pujantes. Para quem pensa em saltar para o outro lado do oceano, a Colômbia pode ser uma opção. Depois de afastar todos os estigmas relacionados com insegurança, tráfico de droga e instabilidade política, vale a pena saber mais sobre a quarta maior economia do continente e o seu estilo de vida.

1. Viver em Bogotá é 8% mais barato que viver em Lisboa. Segundo as contas do Expatistán, uma web que agrega cerca de 14 mil preços das duas cidades, o custo de vida na capital colombiana é ligeiramente inferior ao de Lisboa. Em quê? Segundo os números inseridos por mais de mil utilizadores, o transporte e alimentação são mais baratos no país sul americano, mas o elevado preço da habitação e de roupa importada faz subir os gastos mensais. Pode conferir os detalhes aqui http://www.expatistan.com/cost-of-living/comparison/lisbon/bogota

2. Hoje, existem 47 anúncios de trabalho com exigência de português num dos maiores sites de procura de emprego na Colômbia, o Computrabajo. A maioria para professores. O site é atualizado cada dia e pode ser consultado aqui http://www.computrabajo.com.co

3. Existem incentivos para expandir o seu negócio. A Jerónimo Martins e a PreBuild são apenas dois dos exemplos de empresas portuguesas com grandes projetos no país. A Câmara de Comércio Luso- Colombiana, fundada há menos de um ano, procura parceiros portugueses que queiram investir no novo tigre da região. Os contactos são encontrados aqui http://www.portugalcolombia.com/?page_id=7&lang=es

4. Para dúvidas sobre o nível salarial que deve exigir, consulte o Tusalario.org. É uma base de dados com as remunerações mais comuns para cada profissão, que permite comparar salários em vários países da América Latina http://www.tusalario.org/colombia/Portada


5. O portal imobiliário Viva Real, o maior da América Latina, tem sede na Colômbia. É uma referencia na hora de comprar ou arrendar casa no país. Encontra milhares de apartamentos nas principais cidades e está pensado para o mercado estrangeiro. Para além de consultar os anúncios tem http://www.vivareal.com.co/ também informações sobre os preços praticados http://actualidad.vivareal.com.co/

6. O Governo colombiano e as FARC estão em negociações de paz desde Dezembro do ano passado. O fim do conflito pode dissipar as nuvens de insegurança que afastam profissionais estrangeiros do país. Se quiser estar a par do desenrolar da história, bem como seguir o dia-a-dia do país, esteja atento à página online do jornal de referência, El Espectador. http://www.elespectador.com


7. Segundo as previsões do FMI, a economia colombiana deverá crescer 4,5 % este ano, ao fim de 10 anos a crescer a uma media interanual de 5,5%.  Depois de uma fase difícil, regista uma inflação mais controlada, de 3,2% e prevê uma taxa de desemprego de 10,2% em 2013.

8. Vai encontrar portugueses. E os contactos fazem-se desde já. Pode começar pelo blog A Casa Portuguesa Colômbia http://casaportuguesacolombia.blogspot.com.es/ ou pelo grupo Portugueses en Colombia no Faceboook https://www.facebook.com/groups/5331474038/?ref=ts&fref=ts. Existe também a Associação Cultural Colombo Portuguesa de Bogotá, e as representações consulares no país que pode consultar aqui  http://www.secomunidades.pt/web/guest/listapaises/CO

9. O governo colombiano dedica parte do seu esforço estatístico a medir o índice de desenvolvimento do país. Os resultados dos últimos inquéritos apontam para melhorias no que toca a acesso à saúde e infraestruturas, mas também mais desigualdade social. Para explorar os detalhes, basta entrar na página do DANE, o equivalente ao instituto nacional de estatística colombiano http://www.dane.gov.co/index.php?option=com_content&view=article&id=57&Itemid=66


10. Se decidir avançar, conheça com quem deve tratar dos vistos. O site do governo colombiano para as migrações explica o sistema de autorizações para estrangeiros que permaneçam mais de três meses no país e responde sobre direitos e deveres dos titulares da Cédula de Extrangería http://www.migracioncolombia.gov.co 
 

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/

publicado por adm às 21:31 | comentar | favorito