13
Ago 12

Call center: 130 vagas para preencher

A conquista de novos projetos levou a Sitel, empresa de outsourcing de atendimento ao cliente, a iniciar um processo de recrutamento de 130 novos colaboradores para as funções de Assistente de Call Center, Técnico de Helpdesk, Gestor de Qualidade, Formador e Supervisor, entre outras. 

As competências exigidas pela empresa variam em função de cada oferta, sendo sempre valorizadas as competências técnicas na área das tecnologias e um bom domínio de idiomas estrangeiros. É ainda exigida fluência em alemão, espanhol, flamengo, francês, inglês ou italiano, explica a empresa em comunicado.

«Acreditamos que uma das nossas vantagens competitivas é a qualidade dos nossos recursos humanos, pelo que apostamos na sua formação, inicial e contínua, e na sua especialização. Os índices de motivação e a baixa rotatividade da equipa da Sitel Portugal deixam-nos muito satisfeitos!» afirmou a diretora da Sitel Portugal, Benedita Miranda.

A Sitel trabalha com clientes globais líderes nos seus setores de atividade das áreas automóvel; consumo; energia e utilities; segurador; financeiro; tecnologia; viagens e turismo.

Todos os colaboradores trabalham diretamente para a Sitel em regime de contrato.

Os interessados podem encontrar ofertas de emprego ao longo do ano no site da empresa.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/e

publicado por adm às 23:01 | comentar | favorito
12
Ago 12

Call centers: dicas para brilhar numa entrevista de emprego

Numa altura em que os empregos escasseiam, os cll centersainda são dos (poucos) setores que vão contratando. E porque as oportunidades são cada vez menos, é importante que, se for chamado a uma entrevista, convença à primeira. Por isso, aqui ficam as dicas dos especialistas para brilhar numa entrevista de recrutamento para um call center.

A Transcom, fornecedor de serviços de outsourcing reuniu cinco dicas fundamentais para o ajudar:

1 - Atenção ao discurso - A forma como um candidato reage às perguntas e o modo como se expressa vão ser avaliados. «O discurso é a base do contacto com o cliente e, como tal, as empresas da área procuram profissionais com uma comunicação clara, concisa e bem formulada», explica a área de Recursos Humanos da Transcom.

2 - Aptidão informática ¿ As competências informáticas são condição para se ter lugar num call center. O trabalho é feito com recurso a diversos softwares de gestão e manutenção das bases de dados. Por fim, há as aplicações já comuns, como o Office, por exemplo, cujas funções devem ser recordadas antes de uma entrevista.

3 - Conhecer o call center ¿ Qualquer entrevista vai ter uma pergunta relacionada com a organização e estrutura de trabalho de um call center. O fundamental nesta situação é esforçar-se por conhecer os principais departamentos que uma estrutura deste tipo pode ter. Com esta questão pode surgir outra: O que significa trabalhar num call center? «As empresas fornecedoras destes serviços são cada vez mais uma fonte de emprego e uma oportunidade de trabalho não deve ser encarada de ânimo leve. Nos dias que correm, procuram-se profissionais comprometidos que se possam formar de modo a fornecer aos clientes um serviço o mais especializado possível», lembra a responsável.

4 - Sintetizar a experiência profissional ¿ Ter experiência em trabalho de call center não é um fator decisivo para a contratação, mas as empresas valorizam profissionais que saibam trabalhar em equipa. Quando a questão sobre a experiência profissional surgir, o candidato deve conseguir sintetizar os principais pontos do seu percurso, em especial os marcos atingidos em equipa e a importância dos mesmos. Em caso de já ter experiência em call center, a honestidade acerca da forma como se lidava com os clientes é absolutamente necessária.

5 - Ser equipa ¿ O sucesso de um call center faz-se do espírito de equipa e este é um dos temas que se pode esperar numa entrevista e sobre o qual o candidato deve ter uma resposta pronta e honesta. «Gostar de trabalhar em equipa e querer participar na construção de uma equipa são pontos chave para o desempenho de um call center e que, como tal, requerem especial atenção no momento de recrutar», salienta a área de Recursos Humanos da Transcom.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 19:19 | comentar | favorito