Metade das empresas planeia contratar informáticos, engenheiros e comerciais

Cerca de 45,5% dos empregadores planeia contratar novos colaboradores em 2013 para estas áreas.

Cerca de 45,5% dos empregadores planeia contratar novos colaboradores em 2013 para a área comercial, informáticos e engenheiros e, preferencialmente, com conhecimento de idiomas como o inglês, castelhano, francês e alemão, revela o Guia do Mercado Laboral 2013 da Hays, hoje divulgado.

Este inquérito vem mostrar que as engenharias e as áreas tecnológica e comercial se mantêm como as que têm mais oportunidade de emprego e que dominar línguas estrangeiras é, cada vez mais, um requisito para vingar no mercado de trabalho global, seja para trabalhar noutro país ou para lidar com outros mercados.

Por outro lado, do lado dos trabalhadores, este estudo da multinacional de recrutamento qualificado revela que cerca de 35% dos profissionais receiam perder o emprego, já nos próximos meses, enquanto 76% se mostram disponíveis para trabalhar no estrangeiro, a grande maioria na Europa e cerca de metade na América.

Neste momento de crise e crescimento do desemprego, o que mais interessa aos empregadores na hora de preencher um lugar vago na sua empresa é a "capacidade de adaptação/polivalência" do candidato, afirma Paulo Baptista, ‘managing director' da Hays Portugal, já que esta foi a característica escolhida pelos empregadores de um conjunto de 20 que constavam do inquérito.

"Em 2013, as oportunidades estão do lado dos profissionais e das empresas que tenham a capacidade de diferenciar-se e adaptar-se à realidade actual", frisou o mesmo responsável.

Este estudo apoia-se em milhares de entrevistas e reuniões realizadas pela Hays em todo o país, além de inquéritos específicos efectuados junto de quadros técnicos, médios e superiores e de largas centenas de empregadores.

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 21:31 | comentar | favorito