Canadá precisa de 3 mil trabalhadores na construção

Regras para receber imigrantes vão mudar. País precisa de mão-de-obra qualificada: tanta como nos período pós-II Guerra Mundial

O Canadá precisa de trabalhadores experientes; tanto como precisou no período pós-II Guerra Mundial. O ministro da Cidadania e Imigração, em declarações à TSF, compara esta época à década de 50, altura em que o Canadá precisou de mão-de-obra qualificada.

O país está pronto para receber três mil trabalhadores estrangeiros qualificados para trabalhar na construção civil; a necessidade leva a uma alteração na política de imigração do Canadá: já não é obrigatório ser licenciado, basta ter conhecimentos de francês ou inglês. As autoridades canadidanas procuram trabalhadores especializados, como carpinteiros e eletricistas, para diversas regiões do país e, por isso, abrem as portas de par em par, dando a esses profissionais carta de trabalho e de residente.

Segundo Jason Kenney, ministro da Imigração, nos próximos oito anos serão precisos 320 mil imigrantes, o que levará a que o Governo torne mais rapida a fixação definitiva de novos trabalhadores para que os ocupem as necessidades do mercado laboral.
Ouvido pela TSF, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção apela ao envolvimento da secretaria de Estado das Comunidades, por forma a que os contratos sejam feitos por via oficial, evitando que este apelo alerte os angariadores ilegais, evitando que os trabalhadores portugueses caiam nessas redes e cheguem ao Canadá sem contrato de trabalho.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 23:13 | comentar | favorito
tags: