Mais de 45 anos e desempregado? Veja as soluções

O governo pretende combater o desemprego com medidas destinadas a casais com filhos e famílias monoparentais desempregadas, desempregados com mais de 45 anos e desempregados com níveis de qualificação superior.

Para isso facilitar o processo foram criados estágios profissionais e benefícios fiscais que incentivem as empresas a contratar pessoas mais velhas ou desempregadas há vários meses. Estes apoios, bem como os estágios estarão em vigor a 1 de janeiro de 2013, como revelou hoje Álvaro Santos Pereira.

"Já enviámos projetos de portaria para os parceiros sociais e tencionamos que entrem em vigor a 01 de janeiro de 2013", disse o ministro. 

Mas também existem facilitações ao nível dos centros de emprego que pretendem agilizar o processo de contratação. 

Os desempregados com mais de 45 anos já representam 32% da população mas o Governo pretende que um desemprego tardio não seja o fim da vida ativa. 

As medidas:

Estágios profissionais
O Governo promoveu a criação de estágios profissionais criados para ajudar casais em que ambos estejam desempregados ou famílias monoparentais.

Descontos fiscais
As empresas que contratem desempregados com mais de 45 anos poderão ter descontos fiscais. O Governo propõe um reembolso da Taxa Social Única em 75% para contratações com termo certo e de 100% para contratações sem termo.

Convocação para desempregados subsidiados
O IEFP está a chamar pessoas desempregadas há mais de seis meses ou com mais de 45 anos para actualizar os seus planos pessoais. O objetivo é agilizar a chamada para entrevistas e as convocatórias para emprego com a inserção em medidas ativas de emprego, que reforcem o potencial de empregabilidade e ou favoreçam a concretização de um trajeto  de retorno ao mercado de trabalho. 

 

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/Em

publicado por adm às 23:12 | comentar | favorito