Aqui há estágios para seis mil jovens

O secretário de Estado da Agricultura anunciou na última noite que seis mil jovens da área da agricultura vão ter estágios profissionais remunerados durante seis meses.

«São estágios para jovens com entre 18 e 35 anos», disse José Diogo Albuquerque, citado numa nota enviada pelo Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território (MAMAOT), sublinhando o facto de «pela primeira vez, esta medida se aplicar na agricultura», escreve a Lusa.

Segundo o documento, «os jovens vão receber entre cerca de 420 e 691 euros, em função do grau académico que tiverem, e vão receber formação profissional, através das Organizações de Agricultores e das empresas agrícolas, para o exercício de funções no setor agrícola».

«As empresas receberão um prémio de integração desde que, no final, decidam contratar o formando», indicou ainda o secretário de Estado.

Esta medida representa «um investimento da ordem dos 20 milhões de euros, financiado pelo Fundo Social Europeu, e faz parte do Programa Impulso Jovem que prevê um investimento de 344 milhões de euros para um universo de 90 mil formandos¿, lê-se na nota do MAMAOT.

O responsável sublinhou o facto de «o setor agrícola estar muito dinâmico e a atrair um número crescente de jovens agricultores».

De acordo com dados fornecidos pela tutela, no último ano, 200 jovens por mês apresentaram candidaturas ao apoio ao investimento e, de acordo com José Diogo Albuquerque, «as exportações do setor cresceram, nos últimos dez anos, cerca de 6,2 por cento, contra os quatro por cento da média da economia».

«Os apoios mais regulares, a linha de crédito para o investimento de 150 milhões de euros anunciada esta semana e o esforço para ter uma cadeia alimentar mais equilibrada, são fatores que podem ajudar a reforçar este dinamismo», concluiu o secretário de Estado da Agricultura.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 22:16 | comentar | favorito