Trabalhar engorda: as «piores» profissões

Nos dias de hoje há inúmeras profissões que promovem uma vida sedentária. Há quem passe praticamente oito horas sentado e, para além de estar a contribuir para o PIB do país, está também a trabalhar para a engorda.

Um estudo realizado nos Estados Unidos pela CareerBuilder revela que 44% dos trabalhadores entrevistados engordaram com o emprego que tinham. 

As profissões com o maior número de trabalhadores que ganharam peso, por causa das posições sedentárias ou pelo elevado grau de stress, são os agentes de viagem, advogados/juizes, professores, serviços de proteção (polícias e bombeiros), assistentes sociais, artistas/designers/arquitetos, assistentes administrativos, físicos, profissionais de marketing/relações públicas e profissionais de tecnologias de informação.

Ora 54% dos inquiridos admitem que ganharam peso por passarem praticamente o dia inteiro sentados nas suas secretárias, segundo o jornal «O Globo». 

Para se ter uma ideia, também mais de metade (56%) disseram que nem para irem almoçar costumam ausentar-se. 

Já para 37 % dos participantes foi o stress que os fez comer mais e, logo, engordar. Depois, 23% comem fora regularmente, o que pode explicar o aumento de peso. 

Há ainda outros motivos que explicam a engorda entre quem está no ativo: 19% dos entrevistados saltam refeições por causa dos compromissos e falta de tempo; 18% culpam as festas promovidas no trabalho, como os aniversários; 16% admitem que não resistem à dos doces que têm na gaveta; e 10% chegam até a culpar a pressão que sofrem para comer as guloseimas que os colegas de trabalho oferecem. Ainda assim, mais da metade (56%) diz que faz exercício com regularidade. 

E, em concreto, estamos a falar de quantos quilos a mais? Cinco, para 26% das pessoas e até 10, para 14%. De qualquer modo, há quem consiga até perder peso (é o caso de 16% dos inquiridos).

Dicas para dizer adeus aos quilinhos a mais

Se o leitor se revê nestes indicadores, saiba que pode alterar pequenos comportamentos para perder o peso que ganhou a mais, como usar escadas em vez de elevadores, ou até ir falar diretamente com um colega, em vez de lhe enviar um e-mail. 

Depois, quando for, por exemplo, estacionar o carro, escolha o lugar mais distante do seu local de trabalho, para o obrigar a caminhar até lá. 

Faça lanches saudáveis, com pequenas porções. Pode escolher a combinação de uma peça de futa com bolachas, por exemplo, e saladas para o almoço. Leve marmita: controla melhor o que come, será certamente mais saudável e até gasta menos dinheiro. E, claro, beba água e faça exercício físico. 

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 23:33 | comentar | favorito