Hotel de luxo dá mais 1.500 postos de trabalho ao Algarve

A Finalgarve, liderada pelo Grupo Galilei, prevê criar 1.516 postos de trabalho na primeira fase do projeto Praia Grande, em Silves, um dos maiores investimentos turísticos previstos para Portugal, disse esta quinta-feira um dos responsáveis do grupo.

O empreendimento de luxo, que será apresentado na sexta-feira, divide-se em cinco fases, a primeira das quais - a Unidade de Execução 1 - com um investimento previsto de 234 milhões de euros.

Abrangendo uma área de 247 hectares, esta primeira fase engloba três hotéis de quatro e cinco estrelas e dois aldeamentos, num total de 1.594 camas, uma área comercial e um campo de golfe, escreve a Lusa.

De acordo com o responsável pela comunicação do grupo, o empreendimento criará cerca de 1.516 postos de trabalho, prevendo-se o início da construção para 2013, e a conclusão num prazo de oito a dez anos.

«A Unidade de Execução 1 concretiza a realização de todas as infraestruturas gerais e aquelas de que depende todo o plano», disse o responsável do Grupo Galilei.

Acrescentou que a assinatura do contrato de desenvolvimento urbano, entre a Câmara de Silves e as promotoras, «constitui o passo decisivo para o desenvolvimento daquele que é considerado um dos maiores investimentos turísticos do país».

O Plano de Pormenor da Praia Grande, dividido em cinco unidades de execução, foi aprovado pela Assembleia Municipal de Silves, em 7 de dezembro de 2007, e publicado no Diário da República, em 11 de janeiro de 2008.

Segundo os promotores, o empreendimento da Praia Grande demonstra que o turismo é, senão o maior, um dos principais motores da economia portuguesa, com uma enorme capacidade de geração de valor a montante e a jusante da sua atividade.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 23:02 | comentar | favorito