Desempregados vão ter formação 15 dias depois de se inscreverem

O Governo quer que os novos desempregados sejam chamados para ações de formação num prazo máximo de duas semanas após a inscrição no Centro de Emprego.

Estas ações de formação serão obrigatórias e segundo assegurou o secretário de Estado do Emprego terão em conta o perfil do desempregado. Recusar frequentá-las pode implicar a perda do subsídio de desemprego.

Além do objetivo de formação para os novos desempregados, estes módulos de formação irão também abranger os desempregados que estão há mais de seis meses no desmeprego e que tenham mais de 45 anos, ou seja, aquelas pessoas que têm mais dificuldade em reingressar na vida ativa.

Os módulos de formação foram desenhados pelos 28 Centros de Formação Profissional e permitirão também dinamizar o relacionamento entre os Centros de Emprego e o desempregado, cortando assim com o que acontece atualmente em que "a relação com os desempregados se resume às visitas quinzenais".

Pedro Martins assegurou ainda que o Programa de Relançamento do Serviço Público de Emprego, hoje aprovado em Consleho de Ministros, não prevê o encerramento de nenhum dos 86 Centros de Emprego atualmente existentes no País. haverá fusões, mas apenas ao nível da gestão, o que permitirá libertar para outras funções 150 dirigentes.

fomnte:http://www.dinheirovivo.pt/

publicado por adm às 23:05 | comentar | favorito