Sonae recebe mais de 100 estagiários por ano

A empresa abriu recentemente o programa de estágios “Call for you”,que acolhe mais 26 jovens todos os anos.

Nos seus vários programas de estágio, a Sonae recebe, "todos os anos, mais de uma centena de jovens talentos", revela a directora de recursos humanos do Centro Corporativo da empresa, Ana Cristina Fonseca. Apesar da crise, as vagas até têm vindo a ser reforçadas. "Prova disso é o lançamento do novo programa de estágios "Call For You", que vai proporcionar a 26 jovens uma oportunidade de desenvolvimento única", exemplifica Ana Fonseca.

Depois do estágio, existe a hipótese de integrar a empresa. "Temos vários casos de estágios em que mais de metade dos jovens recebem ofertas para integrar a equipa da Sonae", conta a directora de recusos humanos. "É um número que depende das oportunidades de cada momento, em cada negócio e da validade demonstrada", explica Ana Fonseca.

Esta é a esperança de Diogo Freitas, licenciado em Economia pela Universidade do Porto, que estagia neste momento na Sonae. "Esta experiência pode abrir-me uma porta de continuidade e permanência na empresa, o que seria muito bom", declara o estagiário. Quanto a estagiar nesta empresa, "a vantagem fundamental é a oportunidade que é dada a recém-licenciados de entrarem no mercado de trabalho "com o pé direito", numa empresa que tem óptimas condições e recursos para dar resposta a todas as dúvidas e dificuldades que um recém-licenciado encontra neste novo mundo do trabalho", diz Diogo Freitas. 

Cláudia Gomes Ribeiro acrescenta que "para além de conseguir aprender algo que desconhecia por completo, estar integrado numa empresa tão grande como é a Sonae dá-nos outra perspectiva do mundo empresarial". A licenciada em Economia pela Universidade do Porto entrou para um estágio do programa "Call for You" depois de ter visto um anúncio no jornal sobre estes novos estágios. A selecção de estagiários "privilegia a Rede Contacto [da Sonae] para o recrutamento de estagiários, mas não ignora outros canais", recorda.

A Sonae procura esse talento activamente, aceitando candidaturas de todas as universidades, mas mantendo "relações mais próximas com algumas escolas de formação, a destacar a Faculdade de Economia e Engenharia da Universidade do Porto, ISCTE, Nova de Lisboa, Universidade Católica do Porto e Lisboa, Universidade do Minho, Universidade de Coimbra e Universidade Técnica de Lisboa", afirma Ana Fonseca.

Para entrar nestes estágios, há características que não se dipensam: "Ambição, orientação para os resultados, pragmatismo, sentido crítico, criatividade e flexibilidade", frisa Ana Fonseca. Além disso, "a selecção tem em conta o desempenho académico e a avaliação das competências profissionais e pessoais", sublinha a directora de recursos humanos. 

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 23:28 | comentar | favorito