675 mil pessoas no desemprego

No final de Junho, havia em Portugal 675 mil desempregados (12,1%). Mais de metade está sem trabalho há mais de um ano, mostram dados do Instituto Nacional de Estatística.

 

Apesar de a taxa de desemprego ter recuado ligeiramente face ao primeiro trimestre, o número de pessoas afastadas do mercado laboral há mais de um ano está a crescer. No final de Junho, o desemprego de longa duração atingia 372 400 pessoas, mais 46 200 que no período homólogo. Em relação aos primeiros três meses de 2011, número agravou-se em 7200 cidadãos, um acréscimo de 2%. A somar a isto, está o aumento do número de desempregados com mais de 45 anos, que foi engrossado em 9500 indivíduos entre o primeiro e o segundo trimestre deste ano. Tendencialmente, estes trabalhadores têm mais dificuldade em regressar ao mercado laboral após despedimento.

Outro indicador que mostra tal realidade está espelhado nos fluxos trimestrais registados: do primeiro para o segundo trimestre, 5% dos indivíduos empregados passaram para a inactividade e 14,9% dos que estavam desempregados passaram também para este escalão, que tecnicamente já não contabiliza as pessoas sem trabalho.

O Algarve continua a ser a região do País com mais desemprego (14,7%), seguido de Lisboa (13,5%), da Madeira (13,5%) e do Norte (12,6%).

DESEMPREGADA HÁ CINCO ANOS

A algarvia Ana Paula Viegas Rodrigues, de 56 anos, residente em Faro, casada, com dois filhos, está no desemprego desde 2006. Em Dezembro passado, deixou de receber o subsídio de desemprego e agora vai requerer a reforma antecipada.

"Sei que vou ser bastante penalizada, apesar de trabalhar desde os 18 anos, efectuando os devidos descontos, mas não tenho outra solução", confessa Ana Paula, que, nos cinco últimos anos, tem batido a várias portas.

"Fiz cursos de formação e de formadores, aprendi língua gestual e aperfeiçoei conhecimentos de informática, mas foram em vão todas as entrevistas para empregos, em várias áreas, devido à idade e ao facto de ser casada, com filhos", explicou.

fonte:http://www.cmjornal.xl.pt/

publicado por adm às 13:43 | comentar | favorito