Emprego: terceira maior quebra na Zona Euro

O emprego em Portugal recuou 1,6% nos primeiros três meses do ano, face ao mesmo período do ano passado. Este valor representa a terceira maior quebra entre os países do euro, segundo dados divulgados esta quinta-feira pelo Eurostat.

Mesmo assim, este resultado é melhor face ao trimestre anterior, quando o emprego derrapou 1,8% face ao homólogo.

À frente de Portugal só a Grécia e a Eslovénia, onde o emprego caiu 5,0% e 2,3%, respectivamente. Já no conjunto da UE a 27, está ainda a Roménia, com um corte no emprego de 2,7%, e a Bulgária (-3,5%). 

Em comparação com os últimos três meses de 2010, o emprego caiu 0,1% no primeiro trimestre em Portugal, uma tendência que contrasta com a da Zona Euro e da União Europeia a 27, onde o emprego ficou estável.

Já em comparação com os primeiros meses de 2010, o emprego cresceu 0,1% entre os países do euro e subiu 0,3% na União a 27.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/e

publicado por adm às 23:40 | comentar | favorito