Desemprego: jovens sofrem mais

Há menos de mil pessoas a arranjar trabalho através deste instituto do estado

O número de jovens que arranja emprego através do Instituto do Emprego e Formação Profissional está a cair a pique.

Neste momento, há menos de mil pessoas a arranjar trabalho através deste instituto do estado.

A manter-se este ritmo, que deverá gravar-se com a contracção do crescimento da economia, no final do ano Portugal terá cerca de sete mil colocações a menos, comparando com o ano de 2010.

As ofertas de emprego a nível nacional estão a registar os números mais baixos dos últimos 4 anos, enquanto que a média mensal de pessoas que procura trabalho através do instituto do emprego continua a subir.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 21:51 | comentar | favorito