Economia destrói mais 60 mil empregos até 2012

Rendimento das famílias vai recuar 3,4% este ano.

No final de 2012, Portugal contará com menos 60 mil postos de trabalho do que hoje. A par do emprego vai também cair o rendimento disponível, ao passo que a inflação vai disparar. A previsão é do Banco de Portugal (BdP), que frisa que esta é a melhor das hipóteses, por não incorporar medidas adicionais de consolidação, que o supervisor considera serem necessárias para atingir as metas do défice.

"No que diz respeito ao mercado de trabalho, o fraco desempenho da actividade económica deverá implicar uma redução do emprego de 0,9% em 2011 e de 0,3% em 2012", pode ler-se no Boletim de Primavera, ontem publicado.

No documento, o BdP avança ainda que a redução "será comum aos sectores privado e público", mas "mais pronunciada neste último" - devido à necessidade de emagrecer o Estado, para consolidar as contas públicas.

fonte:http://economico.sapo.pt/

 
publicado por adm às 00:24 | comentar | favorito